sábado, 1 de outubro de 2016

A DURA MISSÃO DE DIZER A VERDADE! (Ap 10:1-11)

“Peguei o livrinho da mão do anjo e o comi. Ele me pareceu doce como mel em minha boca; mas, ao comê-lo, senti que o meu estômago ficou amargo. (Ap 10:10)”.

Neste dia gostaria de meditar sobre algo com vocês, é duro sofrer com pessoas que não querem ser ajudadas, DÓI. Como é triste quando uma mãe que diz a seu filho não faça isso e o filho vai e faz, ela avisa que fará mal e ele insiste em fazer, por muitos anos fiz minha mãe sofrer e ela com amor sofria comigo mesmo não sendo cristã. Hoje como pai espiritual de muitos filhos, tenho muitas marcas de sofrimento por filhos que, como o filho pródigo, resolveram ganhar o mundo, DÓI, mas uma coisa tenho, sempre lutei para ensinar a verdade.

Analisamos neste capitulo que João foi ordenado a comer um livrinho que um anjo Forte trouxe, alguns acreditam que este segundo anjo simboliza o próprio CRISTO. João foi obediente, ele não usou desculpas e não fugiu da sua missão, comeu o livrinho. Como disse João: na minha boca, era doce como mel; quando, porém, o comi, o meu estômago ficou amargo. O livrinho foi exatamente como o anjo dissera. Vemos a amargura da missão de João no versículo 11. O trabalho no reino do Senhor envolve esses dois aspectos, traz uma grande alegria quando PRESENCIAMOS AS TRANSFORMAÇÕES de vidas que o evangelho causa. Por outro lado, o servo fiel tem a obrigação de avisar sobre as CONSEQUÊNCIAS DA REJEIÇÃO da palavra e sobre a punição preparada para os desobedientes. João não fugiu da sua responsabilidade, mas MUITOS PREGADORES HOJE NEGLIGENCIAM o lado severo do evangelho e divulgam uma mensagem incompleta e desequilibrada. É MUITO MAIS AGRADÁVEL FALAR DA BONDADE DO QUE DA SEVERIDADE, mas é necessário falar das duas (Rm 11:22). É bom falar sobre o perdão e a salvação (Hb 9:28), mas não devemos excluir a mensagem de vingança e castigo (Hb 10:26-31). Deus é santo, e assim não pode manter comunhão com o pecado. Ele é, também, amor, e quer salvar todos dos seus pecados. A tendência do homem é de EXAGERAR UM LADO do caráter de Deus e diminuir a importância do outro, esquecendo que o mesmo Deus que oferece alívio tomará vingança e banirá de sua face os que não o conhecem ou que não o obedecem (2Ts 1:6-10). João é obrigado a profetizar sobre nações e reis, já tinha falado sobre pragas e castigos atingindo um número cada vez maior de pessoas, até causando a morte de grandes multidões, mas tem mais pela frente. A difícil missão de João incluía profecias sobre muitos povos.


Avante escolhidos de Deus, ainda que doa prossiga, fale a verdade, viva a verdade... Pr. Alecs!!!

Bibliografia: http://www.estudosdabiblia.net/

GOSPEL+ Noticias

Total de visualizações de página